quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

Campanha da Fraternidade 2020 - VÍDEO OFICIAL - CNBB

quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

Santa Missa | Padre Reginaldo Manzotti | 06/01/2020 [CC]

sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

Documentário "Monges Entre Guerras" - História da Abadia de Itaporanga, SP

Documentário "Monges Entre Guerras" - História da Abadia de Itaporanga, SP

Documentário "Monges Entre Guerras" - História da Abadia de Itaporanga, SP

Documentário "Monges Entre Guerras" - História da Abadia de Itaporanga, SP

sábado, 11 de maio de 2019

XV Capítulo da Congregação Brasileira dos Cistercienses - 08 a 10 de maio de 2019

Nos dias 08, 09 e 10 de maio de 2019, em nosso mosteiro, realizou-se o XV Capítulo da Congregação Brasileira dos Cistercienses.

Esta reunião contou com a presença de V. Paternidade Dom Mauro Giuseppe Lepori, Abade Geral de Nossa Ordem; Rvmo. Pe. Lluc Torcal, Procurador Geral da Ordem Cisterciense, bem como os superiores e delegados das Abadias de Itaporanga-SP, Itatinga-SP, Jequitibá-BA, Itararé-SP, Campo Grande-MS e Santa Cruz de Monte Castelo-PR
Foto Oficial do XV Capítulo da Congregação Brasileira dos Cistercienses

Capitulares e comunidade monástica de Itaporanga


Ao centro - Dom Mauro Giuseppe Lepori (Abade Geral)
À direita de Dom Mauro - Dom Celso Lourenço de Oliveira (Abade de Itaporanga)
À esquerda de Dom Mauro - Pe Lluc Torcal (Procurador Geral da Ordem Cisterciense)




Roguemos a Maria, Rainha de Cister, que interceda a Deus pelos Cistercienses no Brasil, fortificando-os na caminhada, imbuindo-os do Espírito Santo e concedendo-nos vocações para continuarmos esta obra iniciada pelos Suas mãoes em nosso carisma monástico-cisterciense.


U.I.O.G.D.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Bem - aventurado Davi de Himmerod (11 de dezembro)

No dia 11 de dezembro, celebramos a memória litúrgica do Bem-aventurado Davi, monge da abadia de Himmerod, na Alemanha, casa-mãe de nossa abadia de Itaporanga.

Natural de Florença, Davi entrou em Claraval como noviço, no entanto, foi mandado embora uma primeira vez devido a sua fraca saúde, mas como insistia a bater na porta, Nosso Pai São Bernardo, movido de compaixão e prevendo a sua santidade futura, o recebeu novamente.

Pouco tempo depois, foi enviado a nova fundação de Himmerod, juntando-se com São Randufo e seu grupo fundador.

Alguns anos mais tarde, Nosso Senhor - mui bondoso, tocado por suas preces e sua lágrimas, dignou-se a conceder-lhe uma saúde suficiente e ele pôde dedicar-se ao trabalho como os outros.

O bem-aventurado Davi semeava a alegria; qualquer que o visitava com tristeza retornava alegre. Surgiu a sua fama de taumaturgo e afirmava-se que estava agraciado com o dom da profecia. Às vezes, embriagado pelas bençãos celestes, perdia os sentidos, sem contudo deixar de trabalhar. 

De resto, ele não procurava os lugares isolados ou as celas retiradas para se dedicar à oração, mas seguia em tudo a Regra e a vida comum.

Ele morreu em 1179 e foi sepultado no Capítulo, favor reservado só a abades. Ele apareceu a alguns de seus irmãos e a pessoas piedosas enquanto guardavam suas vestes como relíquias; numerosas foram as curas operadas.

Em 1204, seus restos mortais foram transladados  para o claustro.

A abadia de Himmerod gozava, desde o início do século XIV, do privilégio de celebrar a missa com oração própria em honra ao Bem-aventurado Davi!


Ó Deus, que concedestes ao monge Davi, vosso servo, deixar tudo e dedicar-se inteiramente a vós no caminho da salvação eterna, dai-nos, também, a graça de vos servir nos irmãos com espírito de pobreza e humildade de coração. Por Nosso Senhora Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírit Santo. Amém!

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Retiro Espiritual 2018

Nossa comunidade monástica esteve, entre os dias 26 e 30 de novembro, em retiro espiritual - dedicando nesses dias, um tempo especial para unir-se em comunidade e refletirmos sobre assuntos caros a nossa vocação monástica.



Tivemos a graça de contar com o Pe. Lázato Pires dos Santos, OCSO como pregador das conferências que, dentre muitos assuntos, buscou ressaltar a importância da vocação monástica no seio da Igreja e de nossa fidelidade a consagração total de nossas vidas como monges cistercienses.



Damos graças a Deus pela conclusão de mais esse retiro e agradecemos a todos que estiveram unidos conosco em oração.

SER SANTO É FAZER AQUILO QUE DEVE SER FEITO
ESTANDO PRESENTE NAQUILO QUE FAZ
COM AMOR E POR AMOR